.
.
.
.
.
.
.
.
.
.

.
.
.
.
.

.
.
.
.
.
.
.
.
.




"E se encherão os teus celeiros abundantemente,
E transbordarão de vinho os teus lagares" Pv: 3-10.





All Rights Reserved 2010 Copyright © Rose Sousa

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Feliz 2015!!!


O ano de 2015 está chegando e com ele muitos votos de felicidade e saúde para todos. Mas, mais importante do que as previsões para 2015 é a coragem de corrigir velhos erros. O verdadeiro sentido de comemorar o ano novo é estar disposto a mudar suas atitudes e melhorar sua vida.
Desejo a todos nós que o Ano Novo venha trazendo muito otimismo, muita força de vontade, muita alegria, paz, saúde e felicidade. Desejo aos amigos: o melhor!!!

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

O Som do Silêncio



Aprenda com o silêncio a ouvir os sons interiores da tua alma, a calar nas discussões e assim evitar tragédias e desafetos. Aprenda com o silêncio respeitar a opinião dos outros, por mais contrária que seja da tua. aprenda com o silêncio a aceitar alguns fatos que tu mesmo provocas. Aprenda a ser humilde, deixando o orgulho gritar lá fora.



Aprenda com o silêncio a reparar nas coisas mais simples, a valorizar o que é belo, ouvir o que faz algum sentido, evitar reclamações vazias e sem sentido, aprenda com o silêncio, que a solidão não é o pior castigo, existem companhias bem piores. Aprenda com o silêncio que a vida é boa, que nós só precisamos olhar para o lado certo, ouvir a música certa, ler o livro certo, que pode ser qualquer livro, desde que tu o leias até o fim.




Aprenda com o silêncio que tudo tem um ciclo, como as marés que insistem em ir e voltar, os pássaros que migram e voltam ao mesmo lugar, como a terra que faz a volta completa sobre o seu próprio eixo, completa a tua tarefa. Aprenda com o silêncio a respeitar a tua vida, valorizar o teu dia, ver em ti as qualidades que possuis. Aprenda a equilibrar os defeitos que  tens e sabes que precisas corrigir e ver aqueles que ainda não descobriu.



Aprenda com o silêncio a relaxar, mesmo no pior trânsito, no maior julgamento de pessoas, na discussão mais acalorada, na discussão entre familiares, aprenda com o silêncio a respeitar o teu “Eu”, a valorizar o ser humano que tu és, a respeitar o templo que é o teu corpo, e o santuário que é a tua vida.




Aprenda hoje com o silêncio, que gritar não traz respeito, que ouvir ainda é melhor que muito falar, e em respeito a ti, eu calo-me, silencio-me, para que tu possas ouvir o teu interior que quer falar-te, desejar-te um dia vitorioso e confirmar que tu és especial.


Autor desconhecido.

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Suas pedras

Não te deixes destruir...
Ajunte novas pedras
e construa novos poemas.
Recrie tua vida, sempre, sempre.
Remova pedras, plante roseiras e faça doces. Recomece.
Faça de tua vida mesquinha
um poema.
E viverás no coração dos jovens
e na memória das gerações que hão de vir.
Esta fonte é para uso de todos os sedentos.
Tome a tua parte.
Venha a estas páginas
e não entraves seu uso
aos que têm sede.

Cora Coralina

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Escolha...

Duas lagartas teceram cada uma seu casulo. Naquele ambiente protegido, foram transformadas em belíssimas borboletas. Quando estavam prestes a sair e voar livremente, vieram as ponderações. Uma borboleta, sentindo-se frágil, pensou consigo: 
"A vida lá fora tem muitos perigos. Poderei ser despedaçada e comida por um pássaro. E, mesmo se um predador não me atacar, poderei sofrer com as tempestades. Um raio poderá me atingir. As chuvas poderão colabar minhas asas, levando-me a tombar no chão. Além disso, a primavera está acabando, e se faltar o néctar? Quem me socorrerá?". Os riscos de fato eram muitos, e a pequena borboleta tinha suas razões. Amedrontada, resolveu não partir. Ficou no seu protegido casulo, mas, como não tinha como sobreviver, morreu de um modo triste, desnutrida, desidratada e, pior ainda, enclausurada pelo mundo que tecera. 
A outra borboleta também ficou apreensiva; tinha medo do mundo lá fora, sabia que muitas borboletas não duravam um dia fora do casulo, mas amou a liberdade mais do que os acidentes que viriam. E assim, partiu. Voou em direção a todos os perigos. Preferiu ser uma caminhante em busca da única coisa que determinava a sua essência.

Augusto Cury.

domingo, 5 de outubro de 2014

A rocha no caminho

Em tempos bem antigos, um rei colocou uma pedra enorme no meio de uma estrada. Naquele momento ele se escondeu e ficou observando se alguém tiraria a imensa rocha do caminho. Alguns mercadores e homens muito ricos do reino passaram por ali e simplesmente deram a volta pela pedra. Alguns até esbravejaram contra o rei dizendo que ele não mantinha as estradas limpas, mas nenhum deles tentou se- quer remover a pedra dali. 
De repente, passa um camponês com uma boa carga de vegetais. Ao se aproximar da imensa rocha, ele pôs de lado a sua carga e tentou remover a rocha dali. Após muita força e suor, ele finalmente, com muito jeito, conseguiu mover a pedra para o lado da estrada. Ele voltou a pegar a sua carga de vegetais mas notou que havia uma bolsa no local onde estava a pedra. Foi até ela e viu que a bolsa continha muitas moedas de ouro, e um bilhete escrito pelo rei que dizia:

"Todo obstáculo contém uma oportunidade para melhorarmos nossa condição..."

sábado, 13 de setembro de 2014

Fizeram a gente acreditar...

Que amor mesmo, amor pra valer, só acontece uma vez acionado, nem chega com hora marcada. Fizeram a gente acreditar que cada um de nós é a metade de uma laranja, e que a vida só ganha sentido quando encontramos a outra metade. Não contaram que já nascemos inteiros, que ninguém em nossa vida merece carregar nas costas a responsabilidade de completar o que nos falta: a gente cresce através da gente mesmo. Se estivermos em boa companhia é só mais agradável. Fizeram a gente acreditar que só há uma fórmula de ser feliz, a mesma para todos, e os que escapam dela estão condenados à marginalidade. Não contaram que estas fórmulas dão errado, frustram as pessoas,  são alienantes, e que podemos tentar outras  alternativas.  Cada um vai ter que descobrir sozinho. E aí, quando você estiver muito apaixonado por você mesmo, vai poder ser muito feliz e se apaixonar por alguém.

Martha Medeiros.

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Sentir-se amado

O cara diz que te ama, então tá. Ele te ama. Sua mulher diz que te ama, então assunto encerrado. 
Você sabe que é amado porque lhe disseram isso, as três palavrinhas mágicas. Mas saber-se amado é uma coisa, sentir-se amado é outra, uma diferença de milhas, um espaço enorme para a angústia instalar-se.
Sentir-se amado é sentir que a pessoa tem interesse real na sua vida, que zela pela sua felicidade, que se preocupa quando as coisas não estão dando certo, que sugere caminhos para melhorar, que coloca-se a postos para ouvir suas dúvidas e que dá uma sacudida em você, caso você esteja delirando. "Não seja tão severa consigo mesma, relaxe um pouco. Vou te trazer um cálice de vinho". 

Sentir-se amado é ver que ela lembra de coisas que você contou dois anos atrás, é vê-la tentar reconciliar você com seu pai, é ver como ela fica triste quando você está triste e como sorri com delicadeza quando diz que você está fazendo uma tempestade em copo d´água. "Lembra que quando eu passei por isso você disse que eu estava dramatizando? Então, chegou sua vez de simplificar as coisas. Vem aqui, tira este sapato." 

Sentem-se amados aqueles que perdoam um ao outro e que não transformam a mágoa em munição na hora da discussão. Sente-se amado aquele que se sente aceito, que se sente bem-vindo, que se sente inteiro. Sente-se amado aquele que tem sua solidão respeitada, aquele que sabe que não existe assunto proibido, que tudo pode ser dito e compreendido. Sente-se amado quem se sente seguro para ser exatamente como é, sem inventar um personagem para a relação, pois personagem nenhum se sustenta muito tempo. Sente-se amado quem não ofega, mas suspira; quem não levanta a voz, mas fala; quem não concorda, mas escuta. 

Agora sente-se e escute: "Eu te amo" não diz tudo...

Martha Medeiros

domingo, 24 de agosto de 2014

O poder da música


Há alguns anos a música vem sendo associada à terapia. Elementos musicais são aplicados no tratamento de determinadas doenças. O som, como sabemos, é uma forma de energia que se manifesta de várias formas, cujas freqüências podem ressonar em objetos. A música pode ser considerada uma sofisticação da energia sonora, envolvendo tons e ritmos das mais variadas formas. Cada nota musical traz, em si, uma freqüência de som que, segundo alguns estudiosos, carrega um estado vibratório. A melodia resultante dessas freqüências resulta num certo tipo de vibração. Então podemos dizer que cada música tem um determinado “estado energético” e pode influenciar os elementos ao seu redor. Alguns músicos acreditam que estejam conectados a algo maior quando recebem inspiração para compor. Conhecemos bem o efeito que música tem principalmente sobre nossas emoções e o poder que ela tem de induzir estados emocionais. Por isso, cada vez mais ela vem sendo usada em terapia de doenças psíquicas, associada ou não a técnicas corporais. Também pode ser aplicada para melhorar a concentração e conduzir a estados meditativos. Não há dúvida que a música gera bem estar, mas o contrário também pode ocorrer, alguns tipos de ritmos musicais podem gerar desconforto emocional e físico. Alguns estudiosos crêem que a combinação de notas musicais gera um padrão vibratório com poder de atuar em nossa energia. Desse modo, podemos ter músicas com padrões mais densos e outras mais sutis. De fato, a experiência realizada por Mr. Masaru Emoto com a molécula de água evidencia que o estilo musical afeta a estrutura das moléculas. Usando técnicas fotográficas, Emoto verificou que a água quando exposta ao som de Bach, apresentava uma estrutura geométrica semelhante à água cristalina enquanto que, exposta a heavy metal assemelhava-se a estrutura de água poluída. Além disso, também constatou a influência das palavras. Uma frase com palavras amorosas mostrou a mesma estrutura da água que “ouviu” Bach e, frases com conteúdo agressivo mostraram uma estrutura como a exposta ao heavy metal. Então, se considerarmos que nosso corpo é formado quase 70% de água, podemos imaginar o efeito que a música e suas respectivas letras têm. Isso é interessante porque nos chama atenção para a qualidade de música que ouvimos. Assim como devemos estar atentos aos nossos pensamentos, não podemos negligenciar a qualidade dos sons a nossa volta. Mesmo quando não percebemos, tais sons podem estar atuando sobre nosso organismo. Pesquisas científicas têm demonstrado que a freqüência de sons atuam sobre as células, no movimento e partes do citoplasma, e no núcleo onde podem ativar certos genes. Isso nos leva a crer que os organismo vivos estão sujeitos a ação de padrões musicais. Algumas experiências com vacas leiteiras e vegetais mostram aumento na produção quando expostos a música clássica ou instrumental. Ouvir música faz bem, principalmente se elevar nosso padrão vibratório como Bach, Mozart, Strauss e tantos outros mas, como tudo na natureza busca o equilíbrio e também porque somos humanos, às vezes é preciso ouvir um heavy metal para “descarregar”. 
Saudações Musicais.


Publicado por: Libertas.
Bernadette Serra – Médica -
Bernadette Serra é médica e mestranda em psicobiologia pela UFRN

terça-feira, 19 de agosto de 2014

O melhor lugar

“Eu moro em mim mesma. 
Não faz mal que o quarto seja pequeno.
É bom, assim tenho menos lugares
para perder as minhas coisas.” 

Mario Quintana.

quinta-feira, 31 de julho de 2014

A dor

Crescer dói... Você pode ter as melhores instruções do mundo e seguir uma vida tranquila, mas você só conhecerá a tua força e a tua sabedoria quando fores submetido à dor, ao sofrimento. A dor é uma mestra cruel. Ela cega, revolta, magoa, fere no mais íntimo de teu espírito, mas se conseguires vencer a escuridão da dor, resplandecerá em ti a luz de uma pessoa vitoriosa, dona de uma felicidade calma e ao mesmo tempo contagiante, típica das pessoas que já conhecem bem este mundo. Mas o sofrimento não acabará. O mundo continuará tendo sua natureza fascinante, linda, amarga e cruel. E não faltarão forças que tentarão te colocar de joelhos - a diferença é que neste momento, você não cairá mais. Você terá vencido a dor, e agora apenas a paz e a felicidade te esperarão.


Augusto Branco

terça-feira, 22 de julho de 2014

Reflexão - Me esqueci de viver

quarta-feira, 9 de julho de 2014

Relacionamento, um campo minado...


Bom, falar de relacionamento sempre foi muito complicado, porque é muito difícil entrar em um campo minado, onde as pessoas não têm compromisso com o sentimento de outrem. Como é difícil, nos tempos atuais, manter um relacionamento! Sim... Muitos casais se formam, mas pouquíssimos seguem juntos, adiante... Muitos vivem chorando por aí, porque o amor não deu certo ou porque acabou. Como assim? Se o amor é uma fonte inesgotável?! O amor não acaba, só está BANALIZADO!
Têm pessoas que "têm compromisso", que dizem aos seus parceiros: "amor pra toda vida", mas fica dando brechas para outros(as)... 
O amor, o sentimento a dois perdeu o valor, as pessoas não se entregam por medo de sofrer e, mesmo que estejam felizes, ficam ligados em uma segunda, terceira ou quarta opção. Quer dizer, já tem gente de senha na mão, esperando na fila. Os casais que ainda subsistem são os de mais de 10 anos atrás. As pessoas tratam as outras como mercadoria com prazo de vencimento: Estragou? Está flácido? Troca! O que não falta é mercadoria nova para repôr o estoque! 

Dentre tantas vertentes, relaciono tudo isso às infindáveis opções: Celular, facebook, twitter, whatsapp, badoo, etc. Essas "porcarias" que facilitam os relacionamentos ilícitos. Não desmerecendo as uniões que dão certo, conheço casais que se conheceram através da internet e hoje estão casados.  

O HOMO SAPIENS evoluiu! EVOLUIU? Não há amor! Não há respeito e compromisso com os sentimentos do outro! Isso é evolução? Os valores se perdendo pela vida afora? As pessoas perderam a comunicação consigo mesmas, NUNCA SABEM O QUE REALMENTE QUEREM! Querem tudo ao mesmo tempo, são vazias. Porém, quem não sabe o que quer corre o risco de ficar sem NADA.

Mas, creio que em meio a tanto excremento social, exista, por aí, alguém que seja o oposto dessas catarses  todas. Me considero e me incluo nesse contexto, não que eu seja melhor que ninguém, mas pelos valores que aprendi, desde cedo, com meus pais, com a vida... E se eu sou, mesmo na minha imperfeição, acredito positivamente noutros poucos que também seguem essa mesma filosofia de vida que eu sigo.
Sendo assim, nada melhor do que descobri-nos, buscar no nosso íntimo um objetivo concreto: Pelo que e por quem vale a pena lutar? Respeitar e ser comprometido com os sentimentos de quem está ao nosso lado.
Tomar as rédeas dos verdadeiros valores, não ter medo de se confrontar com o lixo interior de muita gente, sair da inércia e trilhar um novo caminho com UM NOVO OLHAR PARA O QUE REALMENTE VALE A PENA.


Copyright © 2013 Rose Sousa.Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem as devidas permissão do autor.

sexta-feira, 4 de julho de 2014

Roda Gigante

A vida é como uma Roda Gigante, 
Ora estamos no topo, ora lá embaixo.
Por isso, é preciso não ter arrogância 
Quando no alto 
Porque a roda não para de girar 
e logo as posições se invertem.

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Canteiros: Uma reflexão e tanto!

                       

[...]E eu ainda sou bem moço pra tanta tristeza
E deixemos de coisa, cuidemos da vida
Pois senão chega a morte
Ou coisa parecida
E nos arrasta moço
Sem ter visto a vida

Eu só queria ter do mato
Um gosto de framboesa
Pra correr entre os canteiros
E esconder minha tristeza

É pau, é pedra, é o fim do caminho
É um resto de toco, é um pouco sozinho
É um caco de vidro, é a vida, é o sol
É a noite, é a morte, é um laço, é o anzol
São as águas de março fechando o verão
É promessa de vida em nosso coração.

Fagner

sábado, 24 de maio de 2014

Conserve o seu coração livre...

Conserve o seu coração livre do ódio e a mente livre da ansiedade,
Viva simplesmente, espere pouco e dê muito. 
Enche sua vida com amor, espalhe a luz. 
Esqueça-se e pense nos outros.
Faça o que gostaria que lhe fizessem. 
Não fale mal de ninguém
Critique seus próprios atos, fazendo cuidadosamente exame de suas ações diárias.
Faça isso durante uma semana e você se surpreenderá.
Faça antes de fazer suas tarefas essa oração:
Senhor!
No silêncio desta oração venho pedir-te a paz, a sabedoria, a força.
Quero sempre olhar o mundo com os olhos cheios de amor
Quero ser paciente; compreensivo, prudente...
Quero ver além das aparências, teus filhos, como Tu mesmo os vês...
E assim, Senhor, ver somente o bem em cada um deles. 
Fecha meus ouvidos à todas as calúnias.
Guarda a  minha língua de toda as  maldades,
Para que só de bênçãos se encha a minha alma.
Que eu seja tão bom e tão alegre, 
Que todos aqueles que se aproximarem  de mim
Sintam  a Tua presença...
Reveste-me de Tua
beleza, Senhor...
E que no decurso deste dia,
Eu te revele a todos...
Oração do programa capixaba (Jairo Maia)

sexta-feira, 25 de abril de 2014

Vamos aprender?

Deus costuma usar a solidão
Para nos ensinar sobre a convivência.
Às vezes, usa a raiva para que possamos
Compreender o infinito valor da paz.
Outras vezes usa o tédio, quando quer
nos mostrar a importância da aventura e do abandono.
Deus costuma usar o silêncio para nos ensinar
sobre a responsabilidade do que dizemos.
Às vezes usa o cansaço, para que possamos
Compreender o valor do despertar.
Outras vezes usa a doença, quando quer
Nos mostrar a importância da saúde.
Deus costuma usar o fogo,
para nos ensinar a andar sobre a água.
Às vezes, usa a terra, para que possamos
Compreender o valor do ar.
Outras vezes usa a morte, quando quer
Nos mostrar a importância da vida.


Paulo Coelho

sexta-feira, 18 de abril de 2014

POR FAVOR, ME TOQUE!


Do coração vem o amor e do amor vem o contato.

Quando alguém está sentindo dor, tanto física quanto emocional, qual a nossa reação? É instintivo o gesto de abraçar, acariciar ou tocar a outra pessoa. No toque, levamos a mensagem de proteção, de conforto, de solidariedade e até do alívio da dor. As famílias japonesas têm o hábito de toques, seguindo certos padrões: os avós massageiam os netos, que massageiam os pais e estes massageiam os avós. Tal costume além de aproximar as gerações, torna fácil o entendimento entre as pessoas.
Mas, o toque e a massagem no oriente sempre foram mais que medicina preventiva, caracterizando-se como poderosíssimo meio de comunicação interpessoal. Vamos tomar como exemplo os casais de namorados: eles estão sempre se tocando, se beijando e trocando carícias. Alguns podem passar a vida inteira nesse "aconchego", outros fazem com que o "distanciamento" intensifique a ausência de toque.

Silvana Giudice.
Terapeuta holística.

quinta-feira, 20 de março de 2014

Eco da vida.


Uma mãe levou o filho pequeno ao fundo de um vale, e disse: 
_Grite as palavras: Eu te odeio!
De repente, ele ouviu o som assustador ecoando pelo vale: "EU TE ODEIO, Eu Te Odeio, Eu Te Odeio! . 
Ela voltou-se para o filho e pediu: 
_Agora grite o mais alto que puder as palavras "Eu Te Amo".
Ele gritou com todas as forças: 
_EU TE AMO!
De repente, ouviu ecoando ao seu redor: "Eu TE AMO, Eu Te Amo, Eu Te Amo!."
A vida é um ECO... Olhe dentro de um lago e veja um espelho de água refletindo sua imagem. Ame outra alma e seu amor se refletirá de volta para você.

de Tanya, cap. 46. Adaptado por mim.

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Que tenhamos sempre esperança.

"Existem dias em que nada da certo, mas são nesses dias em que aprendemos as verdadeiras lições que a vida nos ensina... e que nada teríamos aprendido se tudo tivesse dado certo.”


Autor desconhecido para mim.

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Os planos de Deus...

Nunca pare de sonhar
Havia no alto de uma montanha três árvores. Elas sonhavam com o que iriam ser depois de grandes. A primeira, olhando as estrelas disse: eu quero ser o baú mais precioso do mundo e viver cheia de tesouros. A segunda, olhando um riacho suspirou: eu quero ser um navio bem grande para transportar reis e rainhas. A terceira olhou para o vale e disse: quero crescer e ficar aqui no alto da montanha; quero crescer tanto que as pessoas ao olharem para mim, levantem os olhos e pensem em Deus. Muitos anos se passaram, as árvores cresceram. Surgiram três lenhadores que, sem saber do sonho das árvores, cortaram as três. A primeira árvore acabou se transformando num cocho de animais, coberto de feno. A segunda virou um barco de pesca transportando pessoas e peixes todos os dias. A terceira foi cortada em vigas e deixada num depósito. Desiludidas as três árvores lamentaram os seus destinos. Mas, numa certa noite, com o céu cheio de estrelas, uma jovem mulher colocou o seu bebê recém-nascido naquele cocho. De repente, a árvore percebeu que continha o maior tesouro do mundo. A segunda, certo dia, transportou um homem que acabou por dormir no barco. E, quando uma tempestade quase afundou o barco, o homem levantou-se e disse PAZ!! E, imediatamente, as águas se acalmaram. E a árvore transformada em barco entendeu que transportava o rei dos céus e da terra. Tempos mais tarde, numa Sexta-feira, a árvore espantou-se quando as vigas foram unidas em forma de cruz e um homem foi pregado nela. A árvore sentiu-se horrível vendo o sofrimento daquele homem. Mas logo entendeu que aquele homem salvou a humanidade e as pessoas logo se lembrariam de Deus ao olharem para a cruz. O exemplo das árvores é um sinal de que é preciso sonhar e ter fé. SEMPRE !!! Não importa o tamanho dos sonhos que você tenha, sonhe muito e sempre. Mesmo que seus sonhos não se realizem exatamente como você desejou, saiba que eles se concretizarão da maneira que Deus entendeu ser a melhor para você. "Uma nuvem não sabe por que se move em tal direção e em tal velocidade. Sente apenas um impulso que a conduz para esta ou aquela direção. Mas o céu sabe os motivos e os desenhos por trás de todas as nuvens, e você também saberá, quando se erguer o suficiente para ver além dos horizontes."

Richard Bach

quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Olá amigos!!!

Quero desejar um ano novo de muitas bençãos e realizações a todos! agradeço a amizade de todos que me presentearam com seu carinho até aqui e que seguirão comigo mais adiante.
Peço desculpas por estar tão sumida do blog e agradeço a preocupação de amigos, referente as chuvas aqui no ES, que tem castigado bastante o povo capixaba. Graças a Deus não estou em área atingida. Sendo assim, me sinto honrada em poder ajudar aos que perderam tudo.
Me ausentei por motivo de força suprema, mas logo estarei de volta e espero vê-los o mais rápido possível.
Um beijo a todos e até breve, assim querendo Deus. Beijoşsssss