.
.
.
.
.
.
.
.
.
.

.
.
.
.
.

.
.
.
.
.
.
.
.
.




"E se encherão os teus celeiros abundantemente,
E transbordarão de vinho os teus lagares" Pv: 3-10.





All Rights Reserved 2010 Copyright © Rose Sousa

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Mensagem Esconde - Esconde

Contam que, uma vez, se reuniram todos os sentimentos, qualidades e defeitos dos homens em um lugar da terra. Quando o ABORRECIMENTO havia reclamado pela terceira vez, a LOUCURA, como sempre tão louca, lhes propôs: 
- Vamos brincar de esconde-esconde? 
A INTRIGA levantou a sobrancelha intrigada e a CURIOSIDADE, sem poder conter-se, perguntou: 
- Esconde-esconde? Como é isso? 
- É um jogo. explicou a LOUCURA, em que eu fecho os olhos e começo a contar de um a um milhão enquanto vocês se escondem, e quando eu tiver terminado de contar, o primeiro de vocês que eu encontrar ocupará meu lugar para continuar o jogo. 
O ENTUSIASMO dançou seguido pela EUFORIA. A ALEGRIA deu tantos saltos que acabou por convencer a DÚVIDA e até mesmo a APATIA, que nunca se interessava por nada. Mas nem todos quiseram participar: 
A VERDADE preferiu não esconder-se. - "Para que, se no final todos me encontram?" - Pensou. A SOBERBA opinou que era um jogo muito tonto e a COVARDIA preferiu não arriscar-se. 
- Um, dois, três, quatro... - Começou a contar a LOUCURA. 
A primeira a esconder-se foi a PRESSA, que como sempre caiu atrás da primeira pedra do caminho. A FÉ subiu ao céu e a INVEJA se escondeu atrás da sombra do TRIUNFO, que com seu próprio esforço tinha conseguido subir na copa da árvore mais alta. 
A GENEROSIDADE quase não conseguiu esconder-se, pois cada local que encontrava, lhe parecia maravilhoso para algum de seus amigos: Se era um lago cristalino, ideal para a BELEZA. Se era a copa de uma árvore, perfeito para a TIMIDEZ. Se era o vôo de uma borboleta, o melhor para a VOLÚPIA. Se era uma rajada de vento, magnífico para a LIBERDADE. E assim, acabou escondendo-se em um raio de sol. 
O EGOÍSMO, ao contrário, encontrou um local muito bom desde o início. Ventilado, cômodo, mas apenas para ele. A MENTIRA escondeu-se no fundo do oceano (mentira, na realidade, escondeu-se atrás do arco-íris) e a PAIXÃO e o DESEJO, no centro dos vulcões. O ESQUECIMENTO, não recordo-me onde escondeu-se, mas isso não é o mais importante. 
Quando a LOUCURA estava lá pelo 999.998, o AMOR ainda não havia encontrado um lugar para esconder-se, pois todos já estavam ocupados, até que encontrou uma rosa e, carinhosamente, decidiu esconder-se entre suas flores. 
- Um milhão! - terminou de contar a LOUCURA e começou a busca. 
A primeira a aparecer foi a PRESSA, apenas a três passos de uma pedra. Depois, escutou-se a FÉ discutindo com DEUS, no céu, sobre zoologia. Sentiu vibrar a PAIXÃO e o DESEJO nos vulcões. Em um descuido, encontrou a INVEJA e claro, pode deduzir onde estava o TRIUNFO. 
O EGOÍSMO, não teve nem que procurá-lo. Ele sozinho saiu disparado de seu esconderijo, que na verdade era um ninho de vespas. De tanto caminhar, sentiu sede e ao aproximar-se de um lago, descobriu a BELEZA. A DÚVIDA foi mais fácil ainda, pois a encontrou sentada sobre uma cerca sem decidir de que lado esconder-se. 
E assim foi encontrando a todos: O TALENTO entre a erva fresca, a ANGÚSTIA em uma cova escura, a MENTIRA atrás do arco-íris (mentira, estava no fundo do oceano) e até o ESQUECIMENTO, que já havia esquecido que estava brincando de esconde-esconde. 
Apenas o AMOR não aparecia em nenhum local. A LOUCURA procurou atrás de cada árvore, em baixo de cada rocha do planeta e em cima das montanhas. 
Quando estava a ponto de dar-se por vencida, encontrou um roseiral. Pegou uma forquilha e começou a mover os ramos, quando, no mesmo instante, escutou-se um doloroso grito. Os espinhos tinham ferido o AMOR nos olhos. A LOUCURA não sabia o que fazer para desculpar-se. Chorou, rezou, implorou, pediu e até prometeu ser seu guia. 
Desde então, desde que pela primeira vez se brincou de esconde-esconde na terra: 
O AMOR é cego e a LOUCURA sempre o acompanha... 

17 comentários:

  1. Olá! Excelente texto, muito rica tessitura!

    ResponderExcluir
  2. Amor pode ser loucura mansa... discreta, calada, profunda. E não é por isso que deixa e ser amor e loucura...Abraço bom.

    ResponderExcluir
  3. Te deixo um convite a vir me visitar!
    www.blogfantasyland.blogspot.com
    Beijos e sucesso!
    adorei o texto!

    ResponderExcluir
  4. Oláá, gostei muito do seu blog, está de parabéns!
    Já sou sua seguidora.
    Te achei através do Entre Blogs.
    Bjs

    www.historiascomtiaso.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Parece aquelas histórias gregas e suas personificações, bonito!

    http://ezequiel-domingues.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Penso que a PERFEIÇÃO não estava presente no momento em que a LOUCURA propôs esta brincadeira. Quando chegou, a POESIA, que tinha se escondido no pôr-do-sol e fora achada ao final do dia lhe contou o que se dera. Então, a PERFEIÇÃO gravou cada detalhe da POESIA e resolveu conta-los aos ouvidos de uma menina, não por acaso chamada ROSE, de ROSA, onde costuma se esconder o AMOR, enquanto esta dormia. Quando acordou, ela se pôs a escrever o que pensava ter-lhe sido um SONHO. e todos que a leram se encantaram e sonharam com ELA.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Bom dia!
    Conheci seu blog através do blog http://blogfantasyland.blogspot.com.br .
    Estou seguindo...
    JESUS É O SENHOR!

    ResponderExcluir
  8. Bom dia!
    Conheci seu blog através do blog http://blogfantasyland.blogspot.com.br .
    Estou seguindo...
    JESUS É O SENHOR!

    ResponderExcluir
  9. Olá Rose Sousa! De já Agradeço por sua visita e a gentileza em retribui seguindo-me. Obrigado e parabéns pelo seu excelente Blog!
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  10. Querida amiga

    Ler palavras que nos toquem
    o coração,
    é como chegar as estrelas
    nos braços da luz.

    Que haja sempre em ti,
    tempo para estar a sós contigo
    para ouvir a música do teu coração...

    ResponderExcluir
  11. Querida amiga

    Ler palavras que nos toquem
    o coração,
    é como chegar as estrelas
    nos braços da luz.

    Que haja sempre em ti,
    tempo para estar a sós contigo
    para ouvir a música do teu coração...

    ResponderExcluir
  12. Não tenho palavras, li de forma intensa este delicioso texto e, juro, que me senti envolto nestes neste deambular de esconde-esconde.
    Fico feliz porque o amor e a loucura andam de braço dado o que dá sentido à vida

    ResponderExcluir
  13. BOA NOITE QUERIDA !
    SAUDADESSSSSSSSSSSSSSSSSS
    FAZ UM BOM TEMPO QUE ESTIVE AQUI.ESTAVA AFASTADA POR MOTIVO DE SAÚDE.AGORA VOLTANDO NA ATIVA,FIQUEI FELIZ COM SUA VISITA.
    QUANTO AO POEMA PODES SIM USAR ONDE QUIZER,SERÁ UM PRAZER ...
    BJS DE BOA NOITE !!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  14. É linda essa história e o mais encantador é que isso tudo é uma verdade, o amor é sempre o mais dificil de se encontrar e para encontrá-lo é preciso superar todos os outros sentimentos, para que ele seja completo. Esplêndido ;)
    http://meumundoemtransicao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Como estás? por onde anda uma escritora tão inspirada? Fazes muita, muita falta! Beijo

    ResponderExcluir
  16. Encantador este texto. O amor é o maior dos sentimentos e o mais completo.
    Bjs. e um Bom final de semana.

    ResponderExcluir

Peço desculpa aos queridos amigos seguidores por não poder responder os comentários devido a correria do dia a dia, mas deixo explícito desde já o meu carinho por todos que visitam e comentam minhas postagens. Mas, na medida do possível sempre retribuo todas as visitas, pois adoro desbravar novos caminhos, ampliar meus conhecimentos e interagir com vocês, essas pessoas magníficas que vem depositar aqui, nesse cantinho meu, seu carinho e atenção. Como diz Mário Vargas Llosa, “ Um público comprometido com a leitura é crítico, rebelde, inquieto, pouco manipulável e não crê em lemas que alguns fazem passar por idéias. Desde já deixo um beijo de luz e paz a todos vocês meus amigos! Gracias s2